segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

I Must Be Dreaming - Parte 10

Acordei escutando vozes meio familiares e abri meus olhos mas logo os fechei por causa da luz forte que parecia vir diretamente em meus olhos.
Os abri novamente e de dessa vez consegui ver Tia Denise, Lucy, Joe e Miley me olhando com olhares preocupados.
Foquei meu olhar apenas no moreno de olhos brilhantes e castanho e senti uma terrível dor de cabeça como nunca havia sentido antes.

- Esta melhor princesa? - Denise perguntou com sua sempre doce voz.
- Minha cabeça esta explodindo - resmunguei fazendo um bico enorme.
Ela sorriu.
- Vou descer e buscar um remédio pra você ok - ela deu um beijo no topo de minha cabeça saiu do quarto.
Joe deu um meio sorriso sem mostrar os dentes e saiu do quarto junto com Tia De.

Lucy veio e pulo em minha cama fazendo minha cabeça doer.
- Ta com mais alguma coisa sem ser a dor de cabeça? - Ela perguntou talvez meio desesperada me olhando a procura de alguma coisa.
- Só isso mesmo, se acalma.
- Como você quer que ela se acalme? - Miley veio até mim e se sentou ao meu lado. - Você saiu rolando escada abaixo.
- Eu não sai rolando escada abaixo, me lembro bem o que aconteceu. - Fiz uma careta ao lembrar que também doeu.
- Faltou dois degraus quando você caiu, então praticamente rolou escada abaixo. - Ela retrucou e Lucy concordou.
- Que seja, acho que só preciso ficar sozinha por um tempo.
Me deitei novamente e fechei meus olhos como se estivesse dormindo, mas Miley e Lucy continuaram ali.
- Não vão sair né?
- Não mesmo - elas disseram juntas.
- Ta - Me sentei.
- Mas então, se você se lembra, lembra porque caiu?
- Umas coisas estranhas sabe - Me virei para Lucy - Lembra que eu te disse aquele negocio de vidas passadas? Então, eu pesquisei e fiz um negocio e tudo ficou bem estranho, e ai eu assustei, acordei e fui descer, só que - Eu estremeci - parecia que eu não conseguia andar ou que não tava conseguindo controlar meu corpo.
Miley me olhava com uma cara assustada.
- Porra, como assim?
- Não sei, é complicado - abracei minhas pernas - Foi tudo tão estranho.
Alguem bateu na porta e logo ela foi aberta. Era Nick.
Ele ia falar alguma mas abaixou a cabeça e saiu do quarto logo que viu Miley sentada ao me lado.
- O que aconteceu aqui? - Perguntei.
Ela passou a mão pelo cabelo.
- Nada, só, que eu sou estúpida.
- Estúpida? - Perguntei e olhei para Lucy que estava com a cabeça abaixada parecendo saber de alguma coisa.
- Parece que a mãe da Molly ta saindo lá da clinica.
- E?
- E se ela sair, ela vai querer a Molly, só que o Nick não vai deixar ela ficar com a Molly, então eles vão ter que ficar juntos! - Miley dizia meio desesperada.
- Ele te disse isso?
- Não, mas eu ouvi ele falar que ela vai sair. 
- Isso não quer dizer nada, certo Lucy?
Ela concordou sem animação.
- Vai dar tudo certo ta - Eu a abraçei - Mas agora preciso ir ao banheiro.
Lucy me gritou falando que iria descer com Miley, e logo eu estava sozinha novamente.

Depois de sair do banheiro e tomar o remédio que Tia Denise tinha deixado ali, comecei a procurar por alguma roupa para por quando Joe bateu na porta e chamou meu nome.
- Entra.
- Ta de roupa agora? - Ele deu um sorriso que qualquer garota considaria ser sedutor.
- Sim senhor - Eu sorri e ele entrou se jogando em minha cama.
- Joe… - Eu andei até ele e me sentei ao seu lado. - Na escola, aquela hora que eu quase cai e nós nos olhamos nos olhos, você sentiu alguma coisa diferente?
- Como assim?
- Só umas coisas, não sei como explicar direito. Você tava me encarando com uma cara estranha, pensei que tava acontecendo alguma coisa.
- Nada de diferente. - Ele me puxou pelo braço me fazendo deixar minha cabeça em sua cabeça. - O que vai fazer hoje?
- Que horas? 
- De noite, umas cinco horas.
- Cinco horas é de tarde ainda. 
- Chata, não falo mais.
Me sentei e coloquei meus braços um de cada lado da sua cabeça.
- Porque a pergunta?
Ele virou os olhos.
- Tava pensando em a gente sair.
- Pra onde?
- Qualquer lugar.
- Ta - Sorri mordendo o lábio e ele fez o mesmo.
- Ta então. - Ele foi se levantar e ficou propositadamente a apenas alguns centímetros do meu rosto.



JOE POV'S

Não é nenhum segredo que desejei Demi desde a primeira vez que a vi, e a partir de agora, tudo o que eu estou formulando na minha cabeça, vou fazer se tornar realidade.

Passo numero 1: A chamar para sair.
Passo numero 2: Saber se o beijo dela é tão bom quanto eu imagino que é.
E ela estava colaborando para isso, faltavam apenas alguns centímetros para que nossos lábios se tocassem.

- Eu te espero aqui… Ou em qualquer outro lugar da casa. - ela se distanciou de mim.
Concordei e sai do quarto.

Faltam só alguns minutos para a hora que tinha marcado para sair com Demi. 
Me olhei mais uma vez no espelho e passei minha mão pelo cabelo.
- Beleza. - Disse me olhando no espelho e fui procurar onde Demi estava.

Ela estava sentada meio esparramada no sofá da sala comendo algum doce.
- Ta pronto? - Disse perto do seu ouvindo a fazendo assustar.
- Joe, não faz isso! - Ela disse parecendo autoritária.
Eu ri.
- Vou tentar não fazer - A peguei pelo braço a tirando do sofá.
- Onde vamos?
- Segredinho - Coloquei meu braço por seus ombros e a levei até meu carro.

                            Continua......

O que sera que vai acontecer no próximo capitulo?
Eles vão namorar? :o
Demi vai ter outra visão? :o
Alguem vai vim pra estragar a felicidades deles? :o
Personagens novos? :o


AEEEEE AEEEE AEEEEEEE
não, eu não morri nem abandonei u_u
apenas um bloqueio criativo que ainda não ta afim de ir embora, e saiu isso ai u__u





   
                Bia :3














7 comentários:

nandinha aqui agradece fervorosamente a todos os comentarios lindos e não lindos que vocês deixam aqui. amo vocês xuxus voltem sempre <33333